Diário de Viagem – Carol

Os três dias na metrópole foram realmente incríveis e surpreendentes. Eu pelo menos passei por lugares e experienciei coisas que eu nunca poderia antecipar.

DSCN7912

Biblioteca e informática da ocupação Cambrigde.

Primeiro dia, o meu grupo de 19 alunos foi o ultimo a sair da escola. Pegamos um ônibus na Santo Amaro. Descemos num ponto em que o meu conhecimento de mundo não mais se aplicava. “Agora se virem pra chegar na nossa primeira parada” disse o prof. João contemplando as nossas caras de espanto. Ok. Usamos o Google Maps, nos perdemos um pouco pelos dotes geográficos do Vinicius mas enfim chegamos na ocupação Cambridge. Em meio a um clima de estranhamento sentamos em cadeiras feitas com pneus. Na ocupação, que eu imaginava algo como pessoas deitadas em colchoes improvisados, eu subi 15 andares, conversei com um menininho, admirei um desenho na parede de Lucas (um morador que sofre com o autismo), falei sobre sapatos de salto alto com uma moradora do 6o andar. Ao longo do dia, passamos pelo Centro de Apoio ao Imigrante, pela sede da escola de samba Vai Vai e pelo bairro do Bixiga. Na sede da Vai Vai conversamos com os líderes da escola em que eu pude perceber sua paixão pelo samba e pela escola.  Almoçamos numa cantina italiana chamada Conchetta onde o meu grupo batucou nas panelas. Fomos a um museu que contava a história do bairro e depois visitamos uma galeria recém inaugurada de arte com a temática do Bixiga. Já cansados, fomos ao nosso hotel. Como nosso grupo foi um dos primeiros a chegar, eu pude escolher a minha cama no quarto o que também foi muito bom.  Jantamos, mas o dia ainda não tinha acabado. As oficinas começaram as 20h, em que eu fui para a do sticker. Eu tive a brilhante ideia de fazer o contorno da minha mão no adesivo com a tinta spray. Como podem ver na foto, mesmo depois de lavar intensamente a tinta parecia que não queria sair. Fui dormir e acabei sujando o travesseiro da Isa inteiro de vermelho (porque eu estava rolando na cama dela antes de dormir).

DSCN8005

Minha mão suja de tinta spray na manhã do segundo dia.

DSCN7979

Uma das gravuras que buscavam retratar as “trivialidades” do Bixiga na galeria de arte que visitamos.

O segundo dia foi bem menos corrido que o primeiro. Foi um dia dedicado a Arte .  Primeiro nós estávamos andando pelas ruas de São Paulo do nosso hotel até à 23 de Maio. Fomos andando e parando várias vezes para observar os grafittis, pixações e mosaicos ao entorno. Tivemos um momento para fazer entrevistas com as pessoas na rua além de participar na discussão super interessante sobre a arte plástica de rua com o Gui nosso monitor da UGG. E foi no alto da 23 (o melhor momento pra tirar fotos) que minha câmera acabou a bateria.  Fomos também ao SESC Pompéia onde almoçamos e admiramos a exposição da performer Marina Abramovic. Suas obras são extremamente perturbadoras e ao mesmo tempo viciantes. Depois disso pegamos um ônibus até a Vila Madalena para visitar o Beco do Batman (de onde eu também não tenho fotos por conta da maravilhosa bateria da câmera), uma ruela cheia de graffitis incríveis de vários artistas. Visitamos também a galeria de Enivo com quem tivemos uma conversa muito interessante sobre a sua arte e a história dele e da galeria.  Meu pé já doía muito, então por mais que eu seja completamente apaixonada por arte, eu fisicamente necessitava de um banho e da minha cama.Mas ainda tinha o sarau! Eu jantei, cantei com o meu amigo Pretel  e fui dormir.

DSCN8007

Um dos graffitis que vimos enquanto andávamos até a 23 de Maio.

DSCN8051

Escultura de Alvares de Azevedo: o local objetivo da terceira pista.

Bom, primeiramente eu vou explicar com mais detalhes o que aconteceu no terceiro dia da viagem. Nós começamos com a grande expectativa do que estaria por vir já que ninguém sabia o que o prof. João tinha preparado. Nós fizemos um roteiro de pistas, que obrigava o nosso grupo a raciocinar sobre literatura, arte e se locomover em busca de lugares desconhecidos pela cidade. A primeira pista era descobrir o lugar onde se encontra a escultura abaixo e tirar uma foto dela. O Guilherme Rosito descobriu de primeira e nos guiou até o Teatro Municipal. A segunda pista foi pra descontrair: cantar parabéns pra você a uma pessoa muito especial que nasceu em 1999, nossa amiga Luísa Carvalho. A terceira pista já emendada foi achar a escultura a seguir e também fotografá-la. Nós nos guiamos pelo relógio no canto da foto que estava do lado do Teatro Municipal. A quarta pista exigiu um pouco mais de tempo e esforço mental. O objetivo era responder qual era o autor do poema citado na pista e onde a sua escultura estaria. Perguntamos pra alguns estudantes de arte na rua que também não souberam nos responder. Após algumas pesquisas na internet descobrimos que o poeta era Alvares de Azevedo e o lugar era a Faculdade Largo São Francisco. A quinta pista foi achar o lugar da foto, o “Edifício Triangulo” e responder que artista havia feito o mosaico da fachada do prédio. Chegamos lá perguntando para as pessoas na rua e descobrimos que o tal artista era Di Cavalcanti. A ultima pista foi achar o lugar da foto, o qual “ainda abre portas para os famosos cantos gregorianos”. Tal lugar era o Mosteiro São Bento. Depois disso, nós decidimos entrar no Centro Cultural Banco do Brasil para ver uma exposição do Picasso, já que não tinha quase nada de fila. Depois da exposição nós almoçamos e fomos assistir ao teatro Higyene.  Depois do teatro nós pegamos um ônibus fretado de volta à escola, já separados não mais por roteiros mas sim pelas salas normais. O clima era muito frio e um tanto deprimente. E assim, voltamos pra nossa rotina de circulação em Moema.

DSCN8088

Cena do teatro de rua Higyene.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s