História Imediata da Vila Madalena: uma análise das influências em 2012 da história cultural do bairro na década de 1980

Ao pesquisar sobre a importância dos bares na cidade de São Paulo, encontramos uma tese de doutorado escrita por Solange Whitaker Verri. O trabalho é intitulado “História Imediata da Vila Madalena: uma análise das influências em 2012 da história cultural do bairro na década de 80”. A tese estuda um período da década de 1980 e suas repercussões na contemporaneidade, a saber, os desdobramentos sociais, econômicos e políticos na história cultural do bairro. Para isso, o estudo se focou nos efeitos da presença de grupos de jovens vanguardistas nos bares da Vila Madalena. Isso se relaciona diretamente com o nosso tema, por se tratar dos locais onde os jovens se reuniam.

A tese se baseou nas ideias de “espetáculo” e de “espetacularização”, conceitos que foram analisados pelo cineasta Guy Dedord em sua teoria crítica da “sociedade do espetáculo”. O espetáculo seria uma vida real que é pobre e fragmentada, e os indivíduos seriam obrigados a contemplar e a consumir passivamente as imagens de tudo que lhes falta em sua existência real. Por isso é que, para ele, o espetáculo é a substituição do concreto pela representação do real. Toda essa lógica inserida em uma sociedade capitalista.

A partir desse pensamento, Verri conseguiu desenvolver a seguinte ideia: “objetivamente, a aparência do espetáculo da Vila se faz representada por signos e imagens, os quais a tornam um lugar ‘espetacularizado’. Tais representações ajudam a compreender a inversão na qual vivemos – a valorização da aparência e do consumo e ainda, metaforicamente falando, do status da marca Vila Madalena. O fenômeno da aparência ajuda a ‘parecer’ que existe uma unificação das classes sociais. Isso explica, por meio da relação social mediada pelas imagens.” ( trecho citado último paragrafo da pag 97 até 98)

Nas páginas, 99 a 100 de sua tese a autora explica os conceitos de situacionismo e fala da relação deste com as vanguardas; “De acordo co Mário Perniola, (2007), o Situacionismo foi um movimento europeu de crítica social, cultural e política criado em julho de 1957, com a fundação da Internacional Situacionista em  Cosio d’ Aroscia, na Itália.Foi formado por um grupo de vanguarda, que tinha entre seus participantes: poetas, arquitetos, cineastas, artistas plásticos e outros profissionais. O situacionistas associavam a prática e a teoria por meio de uma série de intervenções, como em via de telegramas, distribuição de panfletos, declarações com o objetivo de marcar suas posições sociais,culturais e políticas. O grupo se definia como ‘uma vanguarda artística e política’, apoiada na crítica à sociedade de consumo e à cultura mercantilizada. A ideia de ‘situacionismo’, segundo eles, se relacionava à crença de que os indivíduos deveriam construir situações de suas vidas no cotidiano de modo a romper com a alienação em favor do prazer próprio.”

Para alcançar esse prazer próprio, os jovens da época se utilizavam do bar. “(…) tudo nos levava a crer que os vínculos entre o bar e as vanguardas estavam e estão no fato de ser o local onde se bebe, se come e onde é muito prático de se transformar em ponto de encontro entre amigos. Além disso, o fato do recinto do bar ser projetado e organizado para reunir pessoas em torno de uma mesa para conversar e ser servido, ainda se tem a autonomia de chegar, sair, sentar e levantar quando se deseja. O conjunto de todas essas facilidades estimula o encontro entre as pessoas.(…) O bar é o melhor lugar para encontrar amigos.” (trecho da página 94)

Mas, afinal o que isso tem a ver com nosso tema? Frequentemente, os bares são considerados por pessoas como um local improdutivo, ou para pessoas bêbadas e desocupadas. No entanto, é um lugar que, por conta de ser um local de reunião de amigos e pessoas, tem profunda importância sociocultural, sendo a vanguarda situacionista na vila madalena um bom exemplo disso.

-Carol, Isa, Lí e Vicky

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s