2ª Sessão Descarrego de Sugestões

Teatro:

Inspirado no livro “História de Cronópios e de Famas” do escritor argentino Julio Cortázar, o espetáculo acompanha a história de três personagens que decidem fazer um manual para a vida, certos de que ela pode ser dividida em três partes: a relação do indivíduo com ele mesmo, com o mundo e com a morte.

27 de maio a 29 de julho
Quartas-feiras, às 20h
Classificação: livre.
Ingressos R$ 15,00 a R$3,00 (na bilheteria do CCSP ou no Ingresso Rápido)
Centro Cultural São Paulo, sala Adoniran Barbosa
Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso, São Paulo – SP

Música:

O sábado começa com o som diversificado e modernoso dos baianos do Vivendo do Ócio. Na sequência, é a vez dos gaúchos do Cachorro Grande, e pra fechar a noite com chave de metal, a maior e mais técnica banda de Death Metal nacional: Krisiun.
Programação integrante do Circuito São Paulo de Cultura.

Dia 11/07, sábado, das 18h às 22h. Praça em Frente ao CCJ.
Livre para todos os públicos. Não é necessário retirar ingresso.

Mais informações no site: www.ccjuve.prefeitura.sp.gov.br/evento/festival-do-rock-no-ccj

Cinema:

Cinema Paradiso, clássico do cinema italiano, apresenta filmes nacionais ao ar livre com entrada gratuita na Casa Das Rosas (Avenida Paulista, 37, 01311-902)

SESSÕES:

2 de julho, às 19h30
Lisbela e o prisioneiro (2003)

16 de julho, às 19h30
A marvada carne (1985)

23 de julho, às 19h30
Abril despedaçado (2001)

30 de julho, às 19h30
Macunaíma (1969)

Arte:

e agora a minha dica preferida…

Para celebrar a abertura da exposição Macanudismo o Centro Cultural Correios recebe Liniers para pintar um mural especialmente para a mostra. O artista terá como companhia a música do compositor Cheba Massolo. Local: Centro Cultural Correios – 1° andar

PROGRAMAÇÃO

ABERTURA – 04/07 SÁBADO às 11h
Pintura ao vivo de Liniers + música de Cheba Massolo

05/07 DOMINGO
PALESTRA: UNIVERSO MACANUDO | LINIERS
Horário: das 11h30 às 13h

18/07 SÁBADO
OFICINA: QUADRINHOS PARA INICIANTES (:D)| DIEGO SANCHES .
Horário: das 11h30 às 16h30

25/07 SÁBADO
MESA REDONDA CARTOON, CHARGE, DESENHO: NO BRASIL E LÁ FORA | LAERTE COUTINHO e GUSTAVO DUARTE
Horário: das 15h às 16h30

08/08 SÁBADO
OFICINA: QUADRINHOS SEM PALAVRAS | GUSTAVO DUARTE
A proposta da oficina é mostrar ao público como funciona a narrativa dos quadrinhos sem diálogos. Ao final da sessão, cada participante irá produzir uma pequena história.
Horário: das 11h30 às 16h30

22/08 SÁBADO
PALESTRA: VIDA DE CARTUNISTA | ADÃO ITURRUSGARAI
Horário: das 11h30 às 13h

23/08 DOMINGO
OFICINA: INTRODUÇÃO AO MUNDO DA TIRA, COM OU SEM HUMOR | ADÃO ITURRUSGARAI
Horário: das 14h às 17h

Gente vai ser tudo muito legal, prometo, confiram!

Beijão,

– Carol M.

Heróis Brasileiros – Carolina Maria de Jesus

Olá! Eu escrevi um post um tempo atrás sobre o poeta Solano Trindade inspirado na entrevista que tivemos com seu filho Liberto Trindade quando visitamos a sede da Vai Vai nos três dias de “travessia” por São Paulo. Com a pesquisa sobre Solano, fiquei muito emocionada com a sua história e tocada por também ter a mesma origem que eu (Embu das Artes). Solano foi um grande ativista do movimento negro, lutando pela a igualdade racial. Recentemente entrei em contato com um vídeo da pesquisa FAPESP sobre a escritora brasileira Carolina Maria de Jesus. Carolina igualmente me emocionou, ao passo que, sua vida, apesar de todo o seu talento para a arte, foi vivida na pobreza. Foi uma mulher negra e pobre extremamente forte com poesias totalmente sensíveis e recheadas de emoção e dor. Ambos escritores não são reconhecidos devidamente e por isso venho aqui divulgar a sua arte, com anos de atraso. Em vida lutaram através da literatura contra o racismo e segregação, e por isso, seu esquecimento é inadmissível.

Não digam que fui rebotalho,
que vivi à margem da vida.
Digam que eu procurava trabalho,
mas fui sempre preterida.
Digam ao povo brasileiro
que meu sonho era ser escritora,
mas eu não tinha dinheiro
para pagar uma editora.

(Carolina Maria de Jesus, que não nasceu pra ser teleguiada…)

Beijos,

Carol M.